quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Obras do Ferroanel devem começar pelo trecho norte

30/11/2011 - Valor

De acordo com Fernandes, as licenças ambientais do Rodoanel Norte vão considerar uma faixa de domínio 30 metros maior, de forma a aproveitar o traçado para o Ferroanel Norte.

O investimento no Ferroanel de São Paulo, anel ferroviário para transporte de cargas que deve contornar a região metropolitana, deve ser iniciado pelo trecho norte. Segundo o secretário paulista de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, os estudos para o projeto, contratados pelo governo federal, estão hoje voltados para o trecho. “A intenção é construir todo o anel, mas a parte norte será priorizada para adiantar os trabalhos”, diz ele.

O objetivo da obra é fazer com que o transporte de carga deixe de passar pelos trilhos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) no centro da capital. “Nossa preocupação é com o ano de 2015, quando todos os trens da CPTM operarão com intervalos de três minutos. Isso vai causar um conflito ainda maior no compartilhamento de trilhos com o transporte de cargas”, diz Fernandes.

O ferroanel estava previsto no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas até hoje não saiu da fase de projeto. A dificuldade maior é conciliar o investimento com as concessões de trilhos já existentes na região. Os estudos em andamento buscam uma forma de resolver esse conflito.


Fonte: Valor Econômico
 
 

terça-feira, 29 de novembro de 2011

CPTM divulga novos intervalos

29/11/2011 - Via Trólebus

Recentemente foi divulgado no site da CPTM novos e menores intervalos nas 6 linhas operadas pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, que atende a 89 estações num total de 22 municípios, ao longo de 260,8 quilômetros de linhas operacionais.

É possível ver que em alguns trechos já existe intervalo de 4 minutos. Menor intervalo programado das linhas:

- Linha 7-Rubi: 4 minutos (Luz-Caieiras)
- Linha 8-Diamante: 6 minutos (Júlio Prestes-Barueri)
- Linha 9-Esmeralda: 4 minutos (Pinheiros-Socorro)
- Linha 10 – Turquesa: 5 minutos (Brás-Mauá)
- Linha 11 – Coral (Expresso Leste): 5 minutos
- Linha 11 – Coral (Banda B: Guaianases – Estudantes): 8 minutos (exceto o pico da manhã e após o pico da tarde)
- Linha 12 – Safira: 6 minutos

A CPTM quer até 2014 reduzir os intervalos de todas as linhas para 3 minutos.
Mais informações no site da empresa.

Por Renato Lobo
 

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Governo de SP anuncia novos investimentos na CPTM

21/11/2011 - DCI

Durante a cerimônia de entrega das instalações da Estação Barueri, na linha 8-Diamante, o governador Geraldo Alckmin anunciou novos investimentos para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), a fim de aperfeiçoar o serviço prestado à população.

"Todas as estações da CPTM estão sendo reformadas e ganhando acessibilidade. Então, aqui foram mais de R$ 9 milhões investidos, a estação foi inteirinha reformada, como também já foi Carapicuíba, já foi Itapevi, já foi Jandira. Vamos entregar agora Osasco no começo do ano que vem que ganha acessibilidade", disse o governador.

Entre os anúncios estão a publicação dos editais de licitação para implantação da Linha 13-Jade (Expresso Guarulhos-Cumbica), extensão da Linha 9-Esmeralda até Varginha e contratação de obras para mais três estações: Domingos de Moraes (Linha 8), Jaraguá (Linha 7) e Poá (Linha 11).

Outra boa notícia para os usuários é a realização de audiência pública, nesta sexta-feira, para aquisição de mais 40 trens, de oito carros cada, para a frota da CPTM. Com o objetivo de prestar esclarecimentos, colher sugestões e contribuições da população, a audiência será às 14h, na Rua Boa Vista, 170. O edital de licitação deve ser publicado até dezembro.

Guarulhos-Cumbica

A Linha 13-Jade fará a ligação entre a rede metroferroviária e o Município de Guarulhos, atendendo também o aeroporto internacional André Franco Montoro, o mais movimentado de todo o Brasil. Serão 11 km de vias, entre a estação Engenheiro Goulart, na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana), e o aeroporto de Cumbica.

Serão construídas duas novas estações: uma no Parque Cecap Zezinho Magalhães e outra no aeroporto. Haverá ainda a reconstrução da Estação Engenheiro Goulart, onde haverá transferência para Linha 12-Safira.

A abertura dos envelopes com as propostas está marcada para o dia 20 de dezembro. O investimento estimado é da ordem de R$ 1,2 bilhão, incluindo a aquisição de oito trens.

Linha 9-Esmeralda

A CPTM construirá mais 4,5 km de vias eletrificadas e duas novas estações: Mendes e Varginha. Os recursos previstos são de R$ 260 milhões. As propostas serão conhecidas também no dia 20 de dezembro.

Com a entrega de Barueri, a CPTM soma 37 estações acessíveis. Os editais para elaboração dos projetos básico e executivos e contratação das obras de modernização das estações Domingos de Morais (Linha 8-Diamante) e Poá (Linha 11-Coral), além da reconstrução de Jaraguá (Linha 7-Rubi) foram publicados e os envelopes com as propostas serão abertos nos dias 7 (Domingos e Poá) e 13 (Jaraguá) de dezembro. Os investimentos previstos nessas três estações são da ordem de R$ 70 milhões.

As intervenções incluem a implantação de plataformas cobertas, escadas rolantes e todos os itens de acessibilidade (elevadores, piso e rota táteis, comunicação em braile, corrimãos e rampas). Além de banheiros públicos comuns, também haverá sanitários exclusivos para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Até o final de dezembro, serão licitados os projetos executivos de reconstrução e/ou reforma das demais estações.

As seis linhas da CPTM passam pela implantação de novos sistemas de sinalização, telecomunicações, energia, rede aérea e via permanente, além da reforma e reconstrução das estações. Com a conclusão desse conjunto de obras, até 2014, a CPTM poderá reduzir os intervalos para entre 3 e 4 minutos, nos horários de pico, de acordo com a linha.

Governo de SP anuncia novos investimentos na CPTM

21/11/2011 - DCI

Durante a cerimônia de entrega das instalações da Estação Barueri, na linha 8-Diamante, o governador Geraldo Alckmin anunciou novos investimentos para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), a fim de aperfeiçoar o serviço prestado à população.

"Todas as estações da CPTM estão sendo reformadas e ganhando acessibilidade. Então, aqui foram mais de R$ 9 milhões investidos, a estação foi inteirinha reformada, como também já foi Carapicuíba, já foi Itapevi, já foi Jandira. Vamos entregar agora Osasco no começo do ano que vem que ganha acessibilidade", disse o governador.

Entre os anúncios estão a publicação dos editais de licitação para implantação da Linha 13-Jade (Expresso Guarulhos-Cumbica), extensão da Linha 9-Esmeralda até Varginha e contratação de obras para mais três estações: Domingos de Moraes (Linha 8), Jaraguá (Linha 7) e Poá (Linha 11).

Outra boa notícia para os usuários é a realização de audiência pública, nesta sexta-feira, para aquisição de mais 40 trens, de oito carros cada, para a frota da CPTM. Com o objetivo de prestar esclarecimentos, colher sugestões e contribuições da população, a audiência será às 14h, na Rua Boa Vista, 170. O edital de licitação deve ser publicado até dezembro.

Guarulhos-Cumbica

A Linha 13-Jade fará a ligação entre a rede metroferroviária e o Município de Guarulhos, atendendo também o aeroporto internacional André Franco Montoro, o mais movimentado de todo o Brasil. Serão 11 km de vias, entre a estação Engenheiro Goulart, na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana), e o aeroporto de Cumbica.

Serão construídas duas novas estações: uma no Parque Cecap Zezinho Magalhães e outra no aeroporto. Haverá ainda a reconstrução da Estação Engenheiro Goulart, onde haverá transferência para Linha 12-Safira.

A abertura dos envelopes com as propostas está marcada para o dia 20 de dezembro. O investimento estimado é da ordem de R$ 1,2 bilhão, incluindo a aquisição de oito trens.

Linha 9-Esmeralda

A CPTM construirá mais 4,5 km de vias eletrificadas e duas novas estações: Mendes e Varginha. Os recursos previstos são de R$ 260 milhões. As propostas serão conhecidas também no dia 20 de dezembro.

Com a entrega de Barueri, a CPTM soma 37 estações acessíveis. Os editais para elaboração dos projetos básico e executivos e contratação das obras de modernização das estações Domingos de Morais (Linha 8-Diamante) e Poá (Linha 11-Coral), além da reconstrução de Jaraguá (Linha 7-Rubi) foram publicados e os envelopes com as propostas serão abertos nos dias 7 (Domingos e Poá) e 13 (Jaraguá) de dezembro. Os investimentos previstos nessas três estações são da ordem de R$ 70 milhões.

As intervenções incluem a implantação de plataformas cobertas, escadas rolantes e todos os itens de acessibilidade (elevadores, piso e rota táteis, comunicação em braile, corrimãos e rampas). Além de banheiros públicos comuns, também haverá sanitários exclusivos para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Até o final de dezembro, serão licitados os projetos executivos de reconstrução e/ou reforma das demais estações.

As seis linhas da CPTM passam pela implantação de novos sistemas de sinalização, telecomunicações, energia, rede aérea e via permanente, além da reforma e reconstrução das estações. Com a conclusão desse conjunto de obras, até 2014, a CPTM poderá reduzir os intervalos para entre 3 e 4 minutos, nos horários de pico, de acordo com a linha.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Barueri ganha estação e CPTM novos trens

21/11/2011 - Webtranspo

Governo vai publicar edital para a Linha Jade -

CPTM deve ganhar 40 novos trens com oito carros.Os moradores da Grande São Paulo, além de receberem as instalações da Estação Barueri, na linha 8-Diamante, também ouviram de Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, o anuncio de novos investimentos na CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Em breve, o governo deve lançar os editais de licitação para os serviços de implantação da Linha 13-Jade (Expresso Guarulhos-Cumbica), a extensão da Linha 9-Esmeralda até Varginha e a contratação para instalação de mais três estações Domingos de Moraes (Linha 8), Jaraguá (Linha 7) e Poá (Linha 11).




"Todas as estações da CPTM estão sendo reformadas e ganhando acessibilidade. Então, aqui (estação Barueri) foram mais de R$ 9 milhões investidos, a estação foi inteirinha reformada, como também já foi Carapicuíba, já foi Itapevi, já foi Jandira. Vamos entregar agora Osasco no começo do ano que vem", declarou o político.

Além disso, na sexta-feira, 18, foi realizada uma audiência pública para a aquisição de mais de 40 trens, com oito carros cada. Estas composições integrarão a frota da CPTM. O edital de licitação deve ser lançado no próximo mês.

Já nova Linha interligará a rede metroferroviária ao município de Guarulhos, com conexão ao Aeroporto de Cumbica. Ao todo serão 11 quilômetros de extensão, partindo da estação Engenheiro Goulart, na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana), e com parada final no terminal aeroportuário. O aporte para este empreendimento deve ser de, aproximadamente, R$ 1,2 bilhão, incluindo a aquisição de oito novos trens.

A Linha 9-Esmeralda ganhará mais duas estações, Mendes e Varginha, o que fará com que a via se estenda por mais 4,5 quilômetros. Para esta obra, o governo pretende gastar R$ 260 milhões.

sábado, 19 de novembro de 2011

Governo anuncia novos investimentos na CPTM

19/11/2011 - CPTM

Anúncio inclui aquisição de 40 novos trens, ampliação da Linha 9-Esmeralda até Varginha e implantação do Expresso Guarulhos-Cumbica

Durante a cerimônia de entrega das instalações da Estação Barueri, na linha 8-Diamante, o governador Geraldo Alckmin anunciou novos investimentos para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), a fim de aperfeiçoar o serviço prestado à população.

"Todas as estações da CPTM estão sendo reformadas e ganhando acessibilidade. Então, aqui foram mais de R$ 9 milhões investidos, a estação foi inteirinha reformada, como também já foi Carapicuíba, já foi Itapevi, já foi Jandira. Vamos entregar agora Osasco no começo do ano que vem e ganha acessibilidade", disse o governador.

Entre os anúncios estão a publicação dos editais de licitação para implantação da Linha 13-Jade (Expresso Guarulhos-Cumbica), extensão da Linha 9-Esmeralda até Varginha e contratação de obras para mais três estações: Domingos de Moraes (Linha 8), Jaraguá (Linha 7) e Poá (Linha 11).

Outra boa notícia para os usuários é a realização de audiência pública, nesta sexta-feira, para aquisição de mais 40 trens, de oito carros cada, para a frota da CPTM. Com o objetivo de prestar esclarecimentos, colher sugestões e contribuições da população, a audiência será às 14h, na rua Boa Vista, 170. O edital de licitação está previsto para ser publicado até dezembro.

Expresso Guarulhos-Cumbica

A Linha 13-Jade fará a ligação entre a rede metroferroviária e o município de Guarulhos, atendendo também o aeroporto internacional André Franco Montoro, o mais movimentado do Brasil. Serão 11 km de vias, entre a estação Engenheiro Goulart, na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana), e o aeroporto de Cumbica.

Serão construídas duas novas estações: uma no Parque Cecap Zezinho Magalhães e outra no aeroporto. Haverá ainda a reconstrução da Estação Engenheiro Goulart, onde haverá transferência para Linha 12-Safira. A abertura dos envelopes com as propostas está marcada para o dia 20 de dezembro. O investimento estimado é da ordem de R$ 1,2 bilhão, incluindo a aquisição de oito trens.

Ampliação Linha 9-Esmeralda até Varginha

A CPTM construirá mais 4,5 km de vias eletrificadas e duas novas estações: Mendes e Varginha. Os recursos previstos são de R$ 260 milhões. As propostas serão conhecidas também no dia 20 de dezembro.

Estações Acessíveis

Com a entrega de Barueri, a CPTM soma 37 estações acessíveis. Os editais para elaboração dos projetos básico e executivos e contratação das obras de modernização das estações Domingos de Morais (Linha 8-Diamante) e Poá (Linha 11-Coral), além da reconstrução de Jaraguá (Linha 7-Rubi) foram publicados e os envelopes com as propostas serão abertos nos dias 7 (Domingos e Poá) e 13 (Jaraguá) de dezembro. Os investimentos previstos nessas três estações são da ordem de R$ 70 milhões.

As intervenções incluem a implantação de plataformas cobertas, escadas rolantes e todos os itens de acessibilidade (elevadores, piso e rota táteis, comunicação em Braille, corrimãos e rampas adequadas). Além de banheiros públicos comuns, também haverá sanitários exclusivos para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Até o final de dezembro, serão licitados os projetos executivos de reconstrução e/ou reforma das demais estações.

Modernização da CPTM

As seis linhas da CPTM estão passando por recapacitação da infraestrutura com a implantação de novos sistemas de sinalização, telecomunicações, energia, rede aérea e via permanente, além da reforma e reconstrução das estações. Com a conclusão desse conjunto de obras, até 2014, a CPTM poderá reduzir os intervalos para entre 3 e 4 minutos, nos horários de pico, de acordo com a linha. A oferta de lugares será ampliada e a população contará com estações totalmente acessíveis.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

CPTM GANHA NOVOS TRENS E ESTAÇÃO MODERNIZADA

18/11/2011 - CPTM

Governador Alckmin entrega reforma da estação Barueri, os três primeiros trens "com salão contínuo" para etapa de testes, além de sete composições para operação na Linha 9

O governador Geraldo Alckmin entrega nesta sexta-feira [18], as obras de modernização da estação Barueri e os três primeiros trens "com salão contínuo" para a etapa de testes e que, posteriormente, atenderão a Linha 8-Diamante [Júlio Prestes-Itapevi]. O governador também anunciará os sete trens que encerraram a fase de "operação assistida", na Linha 9-Esmeralda, e agora circularão durante toda a operação comercial.

Com investimento de R$ 9,7 milhões, a Estação Barueri, na Linha 8-Diamante, passou por ampla obra de modernização. A reforma contemplou a readequação do acesso pelo terminal rodoviário de Barueri, incluindo a recuperação de um túnel [passagem subterrânea que estava desativada]. A intervenção permitirá o deslocamento de pessoas com cadeira de rodas ou mobilidade reduzida, por meio de rampa e de dois elevadores implantados nessa passagem, proporcionando, assim, o acesso às plataformas de embarque. Outros itens como piso e rotas táteis, comunicação em Braille, adequação de corrimãos e sanitário para pessoas com deficiência foram incluídos no projeto, tornando a estação acessível.

O mezanino, de 500 m², foi readequado e o piso da estação substituído por porcelanato para alto tráfego. O edifício também ganhou banheiros públicos, duas escadas rolantes e duas fixas, bilheteria com vidros blindados e displays digitais [PDT - Painel de Destino dos Trens] nas plataformas que informam o horário e o destino dos trens. Esses equipamentos, entre outros, vão melhorar as condições de atendimento e conforto dos mais de 20 mil usuários que diariamente utilizam a estação.

As obras incluíram a instalação de novos sistemas elétricos, eletrônicos, hidráulicos, sonorização, telefonia, iluminação geral e de emergência, circuito fechado de TV, além de dispositivo de detecção e combate a incêndio, entre outros. As salas operacionais e técnicas também foram reformadas.

Novidade nos trilhos

Os três primeiros trens da chamada "série 8000", com salão contínuo de passageiros [sem divisórias entre os carros], serão entregues para testes. Eles integram o lote de 36 trens adquiridos pela CPTM, por meio de uma PPP [Parceria Público-Privada] firmada com o Consórcio Paulista, a qual também prevê a manutenção da frota da Linha 8-Diamante por 20 anos.

O consórcio é formado pelas empresas CAF Brasil [CAF - Brasil Indústria e Comércio], CAF S.A. [Construcciones y Auxiliar de Ferrocarriles] e ICF [Inversiones en Concesiones Ferroviarias].

O maior diferencial em relação às composições recém-adquiridas é o salão contínuo de passageiros, que proporciona mais espaço interno e conforto. Com 170 metros de comprimento, na parte externa o trem segue o padrão adotado pela CPTM no processo de modernização da frota. A previsão é que esses primeiros trens da série 8000 comecem a circular na Linha 8-Diamante entre o final deste ano e o início de 2012.

Tanto os trens da Linha 8-Diamante entregues para testes, quanto os sete que concluíram a fase de "operação assistida", na Linha 9-Esmeralda, foram fabricados pela CAF. Formados por oito carros cada, eles são equipados com tecnologia de ponta como ar-condicionado, câmeras de vigilância e sistemas de informação audiovisual [monitores de vídeo e displays] e de sinalização de abertura e fechamento de portas. O monitoramento por meio de câmeras instaladas no interior das composições e na parte externa do primeiro e último carros, permite a visualização do movimento de usuários na plataforma da estação.

Com design arrojado na parte externa e layout moderno e funcional no interior, as composições são acessíveis para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e contam com dispositivos para orientar pessoas surdas [mapa dinâmico] ou cegas [áudio].

Frota: com esses 10 novos trens [3 da Linha 8-Diamante e 7 da Linha 9-Esmeralda], chega a 24 o número de unidades entregues para CPTM neste ano, totalizando 62 composições, das 105 adquiridas pelo Governo do Estado, desde 2006. A previsão é que os outros 43 trens sejam entregues gradativamente até o final do próximo ano.

ENTREGA MODERNIZAÇÃO DA ESTAÇÃO BARUERI, 10 TRENS NOVOS E ANÚNCIO DE IMPORTANTES OBRAS

18/11/2011 - CPTM

O governador do Estado, Geraldo Alckmin, e o secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, entregam nesta sexta-feira [18], a partir das 10h, zação da estação Barueri, na Linha 8-Diamante [Júlio Prestes-Itapevi], e recebe para teste os três primeiros trens novos da chamada "série 8000", com salão contínuo de passageiros.

Na ocasião, o governador anunciará também sete novos trens, que estavam em operação assistida, para a frota da CPTM; a publicação de editais de licitação para implantação da futura Linha 13-Jade [Expresso Guarulhos-Cumbica]; a extensão da Linha 9-Esmeralda até Varginha; além da contratação de obras de mais três estações: Domingos de Moraes [Linha 8], Jaraguá [Linha 7] e Poá [Linha 11].

Trens da PPP da Linha 8 começam a operar na CPTM

18/11/2011 - Revista Ferroviária

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) inicia nesta sexta-feira (18/11) os testes de linha dos três primeiros novos trens da Linha 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi). Os trens fazem parte da Parceria Público-Privada (PPP) vencida pela CAF no início de 2010 para o fornecimento de 36 trens para a CPTM.

Os trens já foram testados na via, sem passageiros, e agora entram em operação comercial, fora do horário de pico. Eles possuem passagem livre entre os carros (gangway) e oito carros cada. A CAF produziu os trens em sua unidade de Hortolândia (SP).

Essa é a primeira frota da CPTM em regime de PPP, no valor aproximado de R$ 1,8 bilhão. O contrato estipula que a empresa terá que investir R$ 900 milhões e em troca fará a manutenção da frota por 20 anos, recebendo cerca de R$ 200 milhões por ano. Em março deste ano, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o financiamento do projeto.

Juntamente com os trens, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, está entregando as obras de modernização da estação Barueri, também da Linha 8.

Governador fala sobre investimentos nas linhas da CPTM

18/11/2011 - CPTM em Foco

Entre outros assuntos, o presidente da CPTM, Mário Bandeira, também adianta que hoje, 18, a Companhia realizará audiência pública para aquisição de 40 novos trens de oito carros

O Governador, Geraldo Alckmin e o presidente da CPTM, Mário Bandeira, falam sobre os investimentos nas linhas e nos trens da Companhia. Juntamente com o metrô, os trens são o meio de transporte mais rápido, eficiente e menos poluente de todos.

A CPTM tinha 800 mil passageiros há quinze anos e hoje passa de dois milhões e meio. A demanda triplicou e a previsão é que cresça ainda mais. Ainda serão construídas duas novas linhas da CPTM e iniciada uma terceira linha. Entre os investimentos do Estado, estão previstas a extensão da rede, que deve crescer 41 quilômetros. Até o final de 2014 a malha ferroviária chegará a 301,4 quilômetros, sem contar o metrô.

Entre outros assuntos, o presidente da CPTM, Mário Bandeira, também adianta que na próxima sexta-feira, 18, a Companhia realizará audiência pública para aquisição de 40 novos trens de oito carros, 320 carros ao todo. As composições têm previsão de chegada para o segundo semestre de 2013.

Apresentador: Está começando mais uma edição do programa Conversa com o Governador, o nosso encontro semanal com o governador Geraldo Alckmin. Como vai, governador? Tudo bem com o senhor?

Governador Geraldo Alckmin: Tudo bem, graças a Deus.

Apresentador: E hoje, estamos recebendo o presidente da CPTM, Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, Mário Bandeira. Como vai Sr. Mário, tudo bem?

Mário Bandeira, presidente da CPTM: Bem, obrigado.

Apresentador: Seja bem vindo ao programa. Governador, no programa de hoje, nós vamos falar dos trens metropolitanos da CPTM que, juntamente com o metrô, é o meio de transporte mais rápido, eficiente e menos poluente de todos. Eu tenho aqui um dado impressionante: a CPTM tinha 800 mil passageiros há quinze anos e hoje passa de dois milhões e meio. A demanda triplicou, a previsão é que cresça ainda mais. Quais são os planos do Governo do Estado para atender esse crescimento da demanda e atender as pessoas com qualidade e segurança?

Governador Geraldo Alckmin: Olha, nós vamos construir duas novas linhas da CPTM, de trem. E iniciar uma terceira linha, e aumentar as outras duas que já existem. Com isso, a extensão da rede deve crescer 41 quilômetros. Nós vamos chegar a 301,4 quilômetros só na CPTM, sem contar o metrô, até o final de 2014. Nós vamos construir e concluir a Linha 13, que é o Expresso Guarulhos: e ele sai de Engenheiro Goulart, passa pela Cecap, Cezinho Magalhães e vai até Guarulhos, até o aeroporto de Guarulhos, levando o trem para a porta do maior aeroporto do Brasil, integrando ao metrô e a CPTM. Nós teremos o aeroporto de Cumbica integrado à CPTM e ao metrô. Vamos entregar também o primeiro trecho do Expresso ABC, entre as estações da Luz, aqui em São Paulo, e Santo André, diminuindo em 35% o tempo de viagem do ABC para São Paulo. Iniciar o Expresso Jundiaí, que vai ligar Jundiaí à Lapa em 25 minutos, e duas linhas que já estão funcionando vão ser ampliadas. Aqui na capital 4, 5 quilômetros a mais de ferrovia, entre o Grajaú, na zona sul de São Paulo, até Varginha que é a Linha 9, a Linha Esmeralda. E na região metropolitana, a Linha 8 que é a Linha diamante, ela está parada em Itapevi e ele irá até Amador Bueno: mais 6,3 quilômetros de ferrovia.

Nós vamos entregar também 67 trens novinhos, zero quilômetro, dez novas estações e reformar outras 50 estações em quatro anos. Nesta sexta-feira [18] estaremos em Barueri para entregar a estação totalmente reformada. É quase uma estação nova em Barueri. Neste ano já entregamos 21 trens novos que já estão em atividade. Três estão em teste e outros 43 vão ser entregues no ano que vem. E para diminuir o intervalo entre os trens e aumentar a capacidade de transporte, nós estamos implantando um sistema de controle que está entre os mais modernos do mundo. Os trens são todos controlados por sensores e computador e podem se aproximar mais um do outro e diminuir o seu intervalo. A nossa previsão é reduzir os intervalos nas seis linhas já existentes para o três ou quatro minutos. Hoje a média de seis a sete minutos, e você citou os números de passageiros da CTPM. Vale destacar um dado que ainda é mais impressionante: a região metropolitana de São Paulo representa sozinha 70% do transporte metroferroviário do Brasil inteiro. Se juntar Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília, Recife Bahia, Pindamonhangaba, se juntar o País inteiro dá 30%. Só São Paulo [corresponde a] 70% dos passageiros transportados por metrô e trem. E a demanda aumentou nessa proporção, porque hoje o trem está melhor, com mais oferta, mais qualidade, as coisas não acontecem por acaso. É fruto de muito trabalho e planejamento. E neste mês nós temos uma série de novidades, que o presidente da CPTM, o Mário Bandeira que está aqui vai dar mais detalhes.

Mário Bandeira, presidente da CPTM: Obrigado, governador. E mais uma observação que eu queria colocar, o governador já tinha nos autorizado a questão alguns meses atrás de nós ampliarmos a nossa frota de trens novos. E sexta-feira nós estaremos fazendo uma Audiência Pública para aquisição de 40 novos trens de oito carros, 320 carros ao todo, com previsão desses carros começarem a chegar no segundo semestre de 2013, ampliando ainda mais a frota que governador já abordou anteriormente. Um outro projeto que o governador também pediu que a gente fizesse estudos e intensificasse esses estudos: são as ligações regionais. O governador colocou muito bem a primeira ligação até Jundiaí. Nós estamos concluindo agora em janeiro um estudo bem detalhado da ligação até Sorocaba. Esse estudo vai nos permitir definir a modelagem dessa ligação tão importante com a cidade de Sorocaba. Há uma expectativa que esse projeto seja modulado por uma PPP [Parceria Público Privada] e de lançarmos possivelmente no primeiro semestre de 2013. Um outro projeto regional também que estamos, neste momento, em fase de início de estudos, é uma ligação regional à cidade de Santos, e a cidade é importante, o principal porto do Brasil e onde vai se concentrar principalmente as principais reservas do Pré-Sal, e onde vai gerar uma grande demanda, uma grande necessidade de transporte para aquela região. Então, há um estudo que nós estamos fazendo. No passado já em 1924 os ingleses fizeram um estudo muito interessante em túnel ligando o bairro de Lapa a Cubatão. Esse estudo nós estamos recuperando e possivelmente também final do ano que vem nós vamos estar com esse estudo pronto mostrando ao governador para ver depois quais são as alternativas de nós lançarmos o projeto.

E como bem falou o governador, nós estamos crescendo muito e para crescer precisamos de um insumo extremamente importante que é energia. Os trens são todos elétricos e nós estamos lançando agora no final de mês novembro o edital para contratar novas subestações: o valor estimado R$ 670 milhões, das seis da CPTM. E tudo isso somado e a nossa expectativa ao final de 2014, temos as nossas linhas operando entre 3 e 4 minutos. Uma novidade, governador, uma novidade que a gente pode lançar à população é o que Expresso Leste nós já vamos oficializar a partir dezembro, a operação com três minutos de intervalo. Eram cinco, nós vamos passar para três minutos e meio, e a Linha 9, a linha da Marginal Pinheiros, que com o advento da Linha 4-Amarela, também nós vamos operar em três minutos e meio o lopping interno, que vai de Jurubatuba a Pinheiros, onde há a maior concentração de demanda, e no externo seis minutos. Fora, os projetos executivos das 42 estações que também estamos lançando do final de novembro até o final de dezembro e vai permitir que, no segundo semestre, a gente inicie um programa de contratação de obra dessas 42 estações.

Apresentador: Presidente Mário, o governador estava falando agora a pouquinho sobre os novos trens e as novas composições, e antes do programa começar, o senhor tinha dividido com a gente a informação de um novo trem que parece que o espaço dele é todo aberto. Conta para gente isso.

Mário Bandeira, presidente da CPTM: Essa é uma novidade que vai facilitar e simplificar muito operação, não é? E então, o governador agora no evento onde vai reinaugurar a estação Barueri com toda a acessibilidade ele também vai lançar para teste os três primeiros trens que nós recebemos, os oito carros que recebemos para a Linha 8, que nós chamamos de salão contínuo. Então, a pessoa do primeiro carro ou o último ele tem uma visão completa sem nenhum tipo de obstáculo. Isso vai permitir, inclusive, a maior flexibilidade, não só para operação, mas para o usuário na circulação do trem.

Apresentador: Esse entra em teste agora?

Mário Bandeira, presidente da CPTM: Vai iniciar em teste a partir da liberação que o governador fará e a expectativa é de que durante o mês dezembro entre em atividade comercial. Ano que vem nós vamos receber os último 33, perfazendo 36 até o final dezembro do ano que vem. Esses 36 trens estarão disponíveis e circulando na Linha 8, fazendo com que ela tenha uma nova frota, e todos os trens com ar condicionado, zero bala, como gosta de falar o governador, em condições de conforto e de muita qualidade para a população de região.

Apresentador: E bastante segurança. Governador como o senhor falou para gente, trabalho não falta, e tem muita mais algum adendo e alguma informação que você queira passar para os ouvintes, por favor?

Governador Geraldo Alckmin: Olha a questão mais importante hoje nas metrópoles do mundo inteiro é mobilidade urbana e o caminho, é o caminho da alta capacidade sobre trilhos e qualidade. E então, nós temos uma rede grandes de trens da CPTM, dos 260 quilômetros de rede e vamos passar de 300 quilômetros, com essas ampliações, modernizar, trens novos, qualidade nesse atendimento e mais trens. Quando a gente fala por exemplo, falou aqui, o presidente Mário Bandeira, 40 trens, cada trem são oito carros na CPTM, no metrô cada trem seis carros e, 40 trens vezes oito, 320 carros a mais e não são reformados, são novos, novinhos e zero quilômetro e tecnologia de ponta. Melhorar a qualidade do atendimento e no metrô, uma forte expansão também e aí principalmente de linhas. Nós estamos com 74 quilômetros, com as novas inaugurações que fizemos, e chegaremos aí, em 2014, a 101 quilômetros, mas deixando quase 90 quilômetros de canteiro de obras. Enfim investir no transporte de alta capacidade sobre trilho e de qualidade para facilitar a vida das pessoas.

Apresentador: Presidente da CPTM, Mário Bandeira, muito obrigado pela sua visita leve o nosso abraço a todos da CPTM e continue trabalhando firme lá para melhorar o transporte da população.

Mário Bandeira, presidente da CPTM: Obrigado mais uma vez a oportunidade de estar aqui e poder falar com os ouvintes.

Apresentador: Prazer todo nosso. Governador, a Roberta Coutinho entrou no nosso site e deixou uma pergunta para senhor vamos ouvir.

Roberta Coutinho, ouvinte: Oi governador, aqui é a Roberta Coutinho, quando o Governo do Estado vai começar a multar os estabelecimentos que vendem bebida alcoólica para menores?

Governador Geraldo Alckmin: Olha, Roberta a partir desse sábado, dia 19, entra em vigência a nova Lei Estadual, e com as punições. Então, é proibido vender bebida alcoólica, ou permitir o consumo no local por menores de 18 anos de idade. E 500 agentes da Vigilância Sanitária Estadual e do Procon foram especialmente treinados para garantir o cumprimento da nova lei em todo o estado: são 200 fiscais na capital e 300 na região metropolitana, interior e litoral. E as cidades menores que não tem Vigilância Sanitária Estadual e o Procon, nós vamos capacitar quatro mil agentes das prefeituras e municipais. Pela nova legislação os bares, restaurantes, lojas conveniência, casas noturnas, enfim os estabelecimentos não podem vender, ou oferecer, e nem permitir a presença de menor consumindo bebida alcoólica no interior dos estabelecimentos. Mesmo acompanhado de responsáveis ou pais. É proibida a venda e o consumo. Por quê? Porque nós temos verificado que crianças com 13 anos de idade ou adolescentes já consumindo bebida alcoólica. E essa é uma das causas que leva na idade adulta ao alcoolismo. E porque o cérebro, fígado não estão preparado ainda para o consumo de bebida alcoólica. Além dos riscos de acidentes, automóvel, motocicleta, vandalismo enfim, nós temos o dever de preservar a saúde e a integridade dos nossos adolescentes e das nossas crianças. E nós fizemos um mês de campanha, divulgação, orientação, sem nenhuma multa. Agora, a partir de sábado aí começam as multas que podem de ir de R $1.700 a mais de R$ 80 mil dependendo do estabelecimento e da gravidade da autuação e a até a perda da inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS. Nós estamos fazendo um verdadeiro mutirão da vida. O mutirão da saúde, dos bons hábitos. Fico feliz de ver a grande adesão dos pais, das escolas, das igrejas, dos meios de comunicação do setor produtivo, então eu tenho muita certeza que São Paulo dar um bom exemplo para o Brasil de prevenção e de e cuidados com a saúde e a vida dos nossos adolescentes.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Linha 9 foi o ramal que mais ganhou novos usuários

17/11/2011 - Via Trolebus, com informações da Folha de São Paulo

O antigo ramal C da CPTM, hoje conhecido como Linha 9 – Esmeralda foi um dos que mais teve acréscimo de usuários, grande parte disto graças as integrações: A Linha que liga Osasco ao bairro do Grajaú corta 2 linhas de Metrô, em Pinheiros a Linha 4 – Amarela e em Santo Amaro a Linha 5 – Lilás. É justamente este o trecho mais carregado do ramal, que ganhou, de 2010 até este ano, 181 mil usuários por dia, considerado um recorde de ganho de usuários: “A linha 9 teve um crescimento muitíssimo forte”, disse o secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo.

Segundo o Jornal, a diferença surgiu por conta do adiamento na entrega da extensão da linha lilás. Antes prevista para este ano, a primeira estação do novo trecho, a Adolfo Pinheiro, ficou para 2014 e a das demais dez paradas, até Chácara Klabin, para 2015.

“A falta da linha 5 tem deixado a 9 numa situação de muita dificuldade”, disse o secretário. O motivo de tanto atraso, segundo ele, foi a suspeita de fraude no processo de escolha das empresas para executar parte da obra. Em 2010, o jornal mostrou que, um suposto resultado da licitação era conhecido seis meses antes. O Metrô suspendeu os contratos, mas após apurar que não houve fraude, em setembro deste ano decidiu mantê-los.

De acordo com Jurandir, existe a possibilidade de reforma em algumas estações: “Estamos avaliando se aumentamos a plataforma ou criamos uma cobertura ao lado da marginal (Pinheiros), onde as pessoas ficam ao relento.”

A CPTM desloca trens extras para atender o trecho de Pinheiros a Jurubatuba, conhecido no meio técnico como Loop, para aliviar o fluxo de passageiros. Há estudos para reduzir a sobrecarga em 2012. Porém, com cautela. “Seria irresponsabilidade fazer grandes investimentos, pois, quando a linha 5 ficar pronta, pode ficar ocioso”, diz o secretário.
O Governo do Estado quer até 2014 reduzir o intervalo de toda a linha para 3 minutos, levar o ramal para Varginha, e acrescentar mais trens novos.
Por Renato Lobo, com as informações de Folha de São Paulo

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Luz


De: Marcelo Almirante <row701@yahoo.com.br>
Data: 14 de novembro de 2011 22h43min23s GMT-04:00
Para: row701@yahoo.com.br






Marcelo Almirante
69 - 9985 7275